Buscar
  • Lila Mesquita

RITOS E RITUAIS

Atualizado: Abr 26

Escrevi ouvindo: Coldplay - Magic


A essa altura vocês já devem saber que eu sou muito apaixonada por celebrações, marcos e ritos de passagem. Casar de branco e fazer festa nunca foi um sonho mas, depois de namorar tanto tempo, senti que seria importante fazer essa transição. Resgatei a cerimônia de casamento como rito de passagem.


Fiz o mesmo no batizado das crianças. Nem o Tom, nem a Flor foram batizados na igreja ou em qualquer outra religião. Eles foram batizados pelas pessoas que os amam imensamente. Vestiram a roupa de batizado que está na minha família a três gerações, usamos a água do rio que passa atrás da casa da família do Gizinho. Mais uma vez: não existe certo e errado na criação dos rituais.

Eles passam a fazer muito mais sentido quando carregam símbolos importantes da nossa vida, da nossa construção.


A Deusa Héstia é uma das Deusas que representam o arquétipo da Anciã. Ela é filha de Cronos (Deus do tempo linear) e de Reia (Deusa do Fluir). Héstia nos ensina a fluir pelo tempo através dos rituais.

Deusa invulnerável, foi a primeira filha a ser engolida por Cronos e a última a sair da sua barriga. Ao sair, pede para seu irmão Zeus, que não precise frequentar o Olimpo, que seu templo seja mais isolado. O irmão respeita seu desejo e a torna também Deusa das lareiras. As lareiras são centro de uma casa, aquecem, trazem acolhimento.


Héstia convida a gente a trazer o sagrado para o cotidiano. Quando nós ritualizamos nossas tarefas diárias, transformamos o profano em sagrado, roubamos o tempo linear de Cronos - aquele tempo que a gente nem vê passar, que nos atropela.


Você já experimentou tomar um banho com a luz apagada? Sentir como nosso corpo recebe a temperatura da água, sentir o cheiro do seu sabonete preferido, sentir as pontas dos dedos massageando o couro cabeludo. Falando assim, parece até uma experiência mágica, né? E é! E pode ser em qualquer dia, na sua casa. Não precisa ser um banho de 40 minutos, pode ser 5. Mas esses 5 minutos serão roubados de Cronos.


Colocar intenção e presença nas nossas atividades é transformador. Colocar um fone de ouvido e olhar pela janela, de manhãzinha ou à noite. Enquanto todo mundo dorme. Esse tempo é o seu tempo e não importa quanto tempo ele dura. Ele é seu!

Eu sou bem apegada à minha Héstia! É um dos arquétipos que eu precisa dosar a presença, ouvir e acomodar, para que os outros arquétipos também tenham voz.


Os arquétipos nos ajudam a encontrar um norte. Embora estejam no campo do simbolismo, eles apresentam de forma muito clara todas as potências que a gente carrega e que às vezes não consegue enxergar. Pensar em Héstia, Perséfone, Atena, Ártemis, Hera e Afrodite nos põe presentes. O que eu preciso agora? Qual lacuna precisa ser preenchida? Quem está tentando falar e eu não estou conseguindo ouvir? As tais perguntas certas. Sempre.


Fazer um pedido ao soprar a vela de aniversário, plantar a lua, almoço de domingo, colocar o dente de leite embaixo do travesseiro. Fazer caça aos ovos de Páscoa, dançar em volta da fogueira de São João, pendurar os enfeites na árvore de Natal. Tudo isso são ritos de passagens. Pequenos, rotineiros, tradicionais. Quais são os ritos que te acompanham? Quais ritos você deseja criar para você e para sua família?



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CAÍDA

RAIVA