Buscar
  • Lila Mesquita

FAREJAR

Atualizado: Abr 26

Leia ouvindo: City and Colour - Rain


Eu tenho um pouco de medo das grandes expectativas que colocam em todo começo de ano. Acho importante manter a fé, renovar nossa alegria e entusiasmo diante do novo.

Ser uma mulher feliz é um ato político.


Mas vamos fazer um combinado entre todas nós e, principalmente, com a gente mesma: manter o olho atento e o faro afinado.

Emagrecer tantos quilos, cuidar mais da gente, investir na carreira… todas essas são promessas super válidas, mas antes de escrever na parte das metas do ano, lá no seu planner, fareje mais um pouco, releia o conto dos três cabelos de ouro.


Esse conto fala sobre a importância de tirar três fios de ouro das nossas ideias iniciais. Nas palavras da Clarissa, "jogar fora algumas palavras da história para torná-la mais forte". Isso não significa abrir mão das nossas ideias e iniciativas, muito pelo contrário: quando a gente faz uma limpeza na ideia inicial, tira os excessos, essa ideia fica ainda mais lapidada.


Criaram em cima do começo do ano, uma falsa ilusão de que tudo foi zerado, que agora é um novo dia, de um novo tempo que começou. Mais uma vez, nos transportam para uma vida linear, com começo, meio e fim. Terminou essa linha, nós colocamos um ponto final e começamos uma nova.

Já sabemos que somos cíclicas… e, justamente por isso, o começo e o recomeço pertencem a um mesmo espiral.


Talvez o ano ainda não tenha virado internamente para você. Talvez você ainda precise balançar no colo da sua mulher selvagem por mais um tempo. Ganhar força e energia.

Eu adoro a imagem que a Clarissa traz nesse conto, de que quando os lobos quando pressentem prazer ou perigo, eles ficam totalmente imóveis, em total concentração para poderem ver, ouvir e perceber o que exatamente está ali.


Estar imóvel não significa estar estagnada. Olhe o que está diante de você! Fareje mais um pouco. Criar metas gentis com a gente mesma, faz a gente ir mais longe.


Com muita ou pouca energia para esse período do ano, de toda forma, tire os três cabelos de ouro e jogue-os no chão. Transforme o som da queda dos fios, numa espécie de proclamação de uma nova era ou de uma nova oportunidade. E só então, comece!

Lute pela sua autenticidade, o mundo precisa de mais mulheres autênticas.

Siga firme e com amor.




1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CAÍDA

RAIVA